terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

ESPECIAIS - SCOTT WESTERFELD


ALERTA SPOILLER
Título: Especiais

Título original: Specials

Autor: Scott Westerfeld

Editora: Galera Record

Páginas: 351

Resenha: Este é o último livro que tem Tally Youngblood como protagonista. A série tinha como objetivo inicial ser uma trilogia e se encerrar com este livro, porém acabou virando uma série com quatro livros. O último livro entitulado como "Extras" tráz outra personagem como protagonista. Portanto considero, pessoalmente, como uma trilogia apenas. Sem mais delongas, vamos a história.

Tally era uma especial. Após ser resgatada novamente da fumaça ela foi submetida a cirurgia que a tornou assim como Shay e os antigos "Cortadores" uma agente das circusntâncias especiais. Os cortadores, assim como na época dos perfeitos, tinha Shay como líder, e agora eram um tipo de especiais especiais. Tally, que se tornara melhor amiga de Shay, novamente a agradecia profundamente por ela tê-la resgatado de uma emboscada tão grande. Como especial, Tally desprezava quem quer que não fosse um especial também, achava todos os outros seres humanos inferiores a sua grandeza. Ela era ágil, tinha seus sentidos apurados, e tinha a aparência perfeitamente agressiva,e o mais importante: se mantia sagaz o tempo inteiro. Era tudo que sempre sonhou. O objetivo dos cortadores era resgatar todos os outros enfumaçados e devolvê-los para suas vidas em Nova Perfeição.

É por isso que a história começa com o grupo de cortadores entrando de penetras e fantasiados de feios numa festa em Vila Feia. O objetivo da missão era capturar enfumaçados infiltrados na festa. Porém, mesmo com todas as vantagens de ser especial, os enfumaçados estavam preparados para a fuga em caso de serem pegos, e com isso, após Tally reconhecer uma garota como enfumaçada ,começa uma perseguição. O que eles não esperavam era que tudo não passava de uma emboscada. Os agentes especiais foram levados para o meio da floresta e surpreendidos por um grupo de enfumaçados. Perderam algumas de suas pranchas velozes e os enfumaçados capturaram um dos cortadores e o levou de volta para a Fumaça. E por pouco não levaram Shay também. David conseguiu manter um diálogo com Tally e percebeu como a Dra. Cable mexeu novamente no cérebro dela, tornando-a algo que não era.

Após voltarem para casa derrotadas e com desejo de vingança, Tally e Shay ficaram a par do que os enfumaçados queriam na festa. Entregaram a um feio um pacote com as pílulas de cura. O que surpreendeu Tally foi o destinatários das pílulas: Zane. Shay dizia o tempo todo que Zane estava sendo tratado e estava internado no hospital, devido as lesões ocorridas no seu cérebro por ter tomado a pílula de cura errada. Shay prometera que Zane logo estaria com Tally novamente, como um especial também, e ela ficou indignada com a mentira da amiga.

Para desculpar-se, Shay concordou mesmo contra sua vontade de levar Tally para encontrar com Zane em Nova Perfeição, mas avisou que devido a cirurgia ele estava fragilizado e que aos olhos dela parecia desprezível e patético. Chegando em Nova Perfeição Tally se surpreendeu ao sentir nojo de Zane. Ela sentia nojo de sua fraqueza, de sua debilidade, mas sabia que ainda o amava e é por ama-lo tanto que queria que ele se tornasse especial como ela. Assim poderiam ficar juntos para sempre. Constataram também que ele continuava como um perfeito rebelde, em busca de se manter borbulhante. E é por tudo que ele havia aprontado é que estava com um cordão preso ao pescoço, ainda mais forte que os braceletes de antigamente. E assim como os braceletes era um rastreador.

Shay, porém tinha um plano. Ela queria Zane livre para que ele pudesse ir atrás dos enfumaçados. Mas não era porque tinha compaixão pela causa deles, e sim porque iria persegui-lo para descobrir a localização da Nova Fumaça. Para isso Zane precisava se livrar do cordão rastreador. E só tinha uma arma capaz de cortar o cordão, e ela se encontrava no Arsenal, um local que era como um museu, onde eram guardada as antigas armas dos enferrujados. E só tinha duas pessoas no mundo que poderiam bolar um plano para entrarem lá e roubar a arma: Ela mesma e Tally. E assim o fizeram.

Zane juntou alguns de seus amigos que queriam fugir para a Nova Fumaça e assim que ficou livre fugiu da cidade. Tally e Shay foram como espiãs atrás dele. Antes porém, quando entraram no Arsenal, por acidente acabaram destruindo-o e todos acharam que a cidade havia sofrido um ataque. Deixando isso de lado, para se resolver depois, elas forma atrás de Zane e sua turma.

Durante o percurso porém os planos foram alterados. Tally encontrou com um velho amigo que lhe deu o localizador que levaria a Nova Fumaça, assim elas poderiam chegar muito antes de Zane e sua turma, que iam devagar devido a debilidade de Zane. Só que Tally não abandonaria Zane e sugeriu que elas se separassem, para Shay ir na frente. Shay inconformada com o abandono da amiga briga com ela chamando-a de egoísta e relembrando todo o mal que ela passou por causa de Tally. As duas se separam da pior forma possível.

Zane entao descobriu que estava sendo perseguido por Tally, e ao conversar com ela tentou fazê-la entender que a cirurgia que a tornara especial também modificara seu cérebro. Não surtiu efeito de imediato, porém a fez refletir sobre todas as coisas, e estar junto da natureza mantia Tally cada vez mais sagaz.

Com muito custo então eles chegaram a Nova Fumaça. E a surpresa não poderia ser maior. Eles agora faziam parte de uma cidade chamada Diego, onde todas as regras eram diferentes. Com pouco tempo que estava na cidade Tally fora capturada e levada para uma espécie de prisão, de onde só saíria depois que fizesse uma cirurgia de reversão, onde tornaria-se comum novamente. Mas ela não queria isso de forma alguma, preferia ficar presa para sempre. Mas a decisão não dependia dela.

Poucos minutos antes da operação ela foi resgata por Shay e os cortadores, que estavam curados e não eram mais especiais. Tentou reagir, pois eles também queriam lhe aplicar a cura. Só que o que Tally não sabia era que a cidade de Diego estava prestes a ser atacada e a culpa era toda de Tally e Shay. E ela foi obrigada a escutar o que Shay tinha a dizer. Primeiramente a história foi explicada: após o ataque ao Arsenal a notícia que a Nova Fumaça fazia parte de Diego vazou e a dra. Cable acusou Diego de ter atacado a cidade, e esse então era o contra ataque. E a primeira coisa que eles tinha que fazer era refrear esse ataque, para que os danos a Diego fossem os menores possíveis. A seguir Tally e Shay partiriam para sua cidade natal e explicaria a dra. Cable o acontecido, evitando-se assim a guerra. Porém assim que o ataque terminou Tally recebeu a pior notícia de toda a sua vida: Zane estava morto.

Zane que estava no hospital se submeteu a um teste para que ele voltasse a ter suas habilidades motoras de antes, para que Tally não sentisse nojo dele. Para que esse processo de reversão desse certo ele precisava ser monitorado vinte e quatro horas por médicos, pois se a reversão fosse rejeitada ele precisava ser operado imediatamente. Porém quando o ataque aconteceu o hospital foi esvaziado, e ele foi deixado sozinho lá. E a rejeição aconteceu exatamente no momento em que se encontrava sozinho. Ele morreu então.

Sabendo que Shay precisava ajudar a cidade de Diego ela então resolveu partir sozinha para acabar com esta guerra. Levou a injeção de cura com ela, pois caso fosse presa pela dra. Cable ela poderia pelo menos se manter sã.

Chegando as ruínas ela acabou se encontrando com David que esperou por ela. Apesar de recusar o consolo, David deixou claro que estava com ela, que não a abandonaria. Tally porém se sentia horrível. Era culpada pela morte de Zane, pelo ataque a Diego, por todas as coisas ruins que aconteceu aos seus amigos. Mais uma vez a operação no cérebro tinha sido revertida graças ao esforço de Tally para se manter sagaz.

Sabendo que a dra. Cable tinha se tornado a governadora da cidade e que estava preparando outro ataque a Diego ela foi correndo para impedi-la. Ao confessar ela se surpreendeu com a reação da dra. Cable, que já sabia de tudo. A mente maligna da dra. porém, planejava a guerra para exterminar os enfumaçados. O que ela não tinha planejado era que Tally era ainda mais esperta. Antes de ser presa pelos especiais, Tally injetou a cura na dra. Cable, o que salvou o mundo da guerra.

Com o passar do tempo a cidade foi mudando a medida que a dra. Cable mudava. E foi decretado então que não haveriam mais especiais. Todos seriam revertidos a perfeitos comuns. Tally, que já sabia estar curada, não quis fazer a operação, mas mais uma vez não dependia dela. Foi obrigada a ir a sala de operação. Porém, no último instante ela foi salva. Dessa vez pela própria dra. Cable.

Fugiu da cidade e se reencontrou com David. Ela sentia profundamente a falta de Zane e não queria mais se relacionar com David, mas David sabia que era só uma fase e se propôs a esperar. Eles decidiram que não voltariam a Diego, pois agora que os enfumaçados tinham conseguido salvar o mundo das manipulações de mente causadas pela cirurgia a cidade se via obrigada a expandir. O que era um risco para o mundo. Decidiram juntos combater essa expansão, vivendo os dois em meio a natureza e percorrendo todo o mundo.


Comentário: Eu chorei tanto, mais TANTO, quando o Zane morreu! Desde o início eu queria que a Tally ficasse com o David, e mesmo gostando do Zane, quem lê a história é impelido a preferir o David, e no fundo quem lê sempre sabe que Tally e David terminariam juntos. Mas de verdade, porque matar o Zane? :'(
Fora isso a série se tornou uma das minhas preferidas. E espero que o lindo do Scott fique vivo por muitos anos e escreva muitos outros livros. Ainda teremos a resenha do próximo livro: Extras.

Outras capas!



 

Comunicado: Meu computador estragou e estou sem acesso a internet em casa. Como estava de férias na semana passada fui obrigada a ficar sem postar. Tudo indica que esse problema está resolvido, já que tenho o computador da faculdade para entrar! \õ/
Porém, não haverá posts nos finais de semana!
Bjoss e até mais!

Thaís Silveira Venzel 




12 comentários:

  1. Ando na caça de bons livros pra ler, adorei a resenha ! :)

    http://lorabroken.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Não li a resenha por que nunca li Feios :/
    Pois é.... Mas é que tenho que terminar vários outros livros, principalmente os dos autores parceiros.
    Mas deste ano não passa, eu vou ler o livro Feios!
    Beijos!
    http://umavidachamadalivros.blogspot.com.br/2014/02/se-arrependimento-matasse-almas.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo como é!
      Espero mesmo que consiga ler esse ano, vale a pena! =D
      Bjoss

      Excluir
  3. adorei a resenha, nunca havia lido nada parecido.. muito bom!!

    Beijinhos ♥
    Meu blog: Gabi e o mundo secreto ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou! Muito obrigada! =D
      Bjoss

      Excluir
  4. Não sou fã da ideia de séries de livros. Mas já ouvi tanto falar dessa que fiquei morrendo de vontade de ler. rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale a pena viu, espero que crie coragem \õ/
      Bjoss

      Excluir
  5. Ameei, não li ainda, mas pela resenha da p ver que é mtoooo bom e emocionante
    To seguindo aqui flor, pode retribui?
    Blog: http://ingridegoes.blogspot.com.br/
    Fan page: http://goo.gl/hNmEGx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo viu, emocionante demais!!
      Vou retribuir, sem dúvidas =D
      Bjoss

      Excluir
  6. Eu nunca li o livro, até porque não faz a minha cabeça, porém todo mundo fala da série.
    Gostei da resenha!
    E espero que tudo de certo e você consiga a ter acesso a internet normal de novo. Beijos!
    OBS:Te indiquei pra essa TAG http://leituraadentro.blogspot.com.br/2014/02/tag-doencas-literarias.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! =D
      Eu tbm espero que minha situação com o computador se normalize. Sinto tanta falta de dedicar horas do meu dia ao blog! Rsrs
      Vou dar uma olhada na tag! Valeu mesmo *-*
      Bjoss

      Excluir