quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

FROZEN - UMA AVENTURA CONGELANTE

Bom, hoje eu vim falar de um dos filmes mais fofos que já assisti. É um filme da Disney, que estreou a um tempo atrás e que só pude assistir essa semana no cinema.
Pela primeira vez na história a princesa e personagem principal do filme, Elsa, não precisou de um princípe para ter um final feliz. 
O filme conta a história de Elsa, uma princesa que nasceu com o poder de congelar tudo o que ela tocasse, ela poderia manter esse poder sob controle, mas não conseguia. Quando era bem pequena, Elsa e sua irmã Ana eram muito amigas, mas em uma das brincadeiras delas Elsa machucou seriamente Ana, com seu poder mágico. 
Os pais de Elsa decidiram mantê-la trancada no quarto, isolada, para que ela não fizesse mal a ninguém. Sabendo da importância deste ato Elsa nunca reinvindicou sua liberdade, pois o medo que sentia de machucar alguém que amava era muito forte. Em um acidente em alto mar, seus pais morreram, e ela foi obrigada a assumir o trono de rainha, já que era a mais velha. No dia da coroação de Elsa, Ana conheceu um princípe e ficou noiva dele no mesmo dia. Foi pedir a benção de sua irmã e Elsa se recusou. Ao Ana desafiar a decisão de Elsa, ela se descontrolou e lançou a cidade em um inverno terrível. Fugindo em seguida para se isolar, os habitantes da cidade foram obrigados a providenciar meios de sobreviver aquele inverno tão rigoroso. Ana, desesperada foi em busca de sua irmã, e deixou o principe Hans, seu noivo, no comando. No meio de sua busca por Elsa, Ana conhece Kristoff, e Ana compra sua companhia e ajuda, para que ele a levasse até as montanhas, onde Elsa estava. Kristoff meio contrariado levou-a até lá, junto de Sven, sua henna, e neste percursso eles a medida que se conheciam se apaixonavam. Quando encontrou Elsa, em seu palácio de gelo no meio da montanha, Ana tentou persuadi-la a voltar, mas Elsa se recusou. Na briga das duas Elsa se descontrolou e acabou por machucar Ana novamente, que teve seu coração congelado. 
Ana e Kristoff foram obrigados a abandonar o palácio de Elsa, pois esta criou um boneco gigante de gelo que expulsou eles e qualquer outra pessoa que tentasse se aproximar. Sem saber o que fazer, Ana aceita a sugestão de Kristoff, que a levou para conhecer sua família. Para a surpresa de Ana, a família de Kristoff eram os trolls. O chefe deles, disse que a única maneira de curar Ana seria um ato de amor verdadeiro, já que seu coração estava congelado e em breve seu corpo inteiro também estaria, e não teria reversão. Ana e Kristoff partem desesperados para a cidade, já que julgam que este ato de amor verdadeiro seria um beijo apaixonado do principe Hans.





Ao finalmente chegar até Hans, Ana se surpreende. Ele recusa a beijá-la e diz que não a ama, que tudo não passou de um plano para se tornar rei. Assim que os dois se casassem ele mataria Elsa e se tornaria rei. Mas como Elsa tinha sido presa pela expedição que fora buscá-la e seria morta, acusada de matar Ana ele não precisava se casar, já que estava no comando da cidade. Saiu ele do quarto pensando que Ana morreria em seguida, já que seu coração estava congelado e a única forma de salvá-la não deu certo. Ana, com ajuda de Olaf, o boneco de neve, saiu então a procura de Kristoff, depois de chegarem a conclusão que Kristoff a amava. No meio do maior nevoeiro que a cidade já viu ela saiu. Quando encontrou Kristoff viu que Elsa estava quase sendo morta em uma briga com Hans, e optou por salvar a vida da irmã ao invés de salvar a própria vida. Assim que salvou Elsa, ela se congelou em uma estátua. Só que este ato de amor verdadeiro salvou Ana da maldição eterna.
A cidade então entra em festa, e Elsa descobre que para reverter o inverno terrível que assola a cidade era necessário apenas uma coisa: amor.

Personagens

Elsa


Elsa, a princesa e rainha, foi obrigada a vida inteira a fazer sacrifícios, já que não sabia controlar seus poderes. Se isolou de todo o mundo, sabendo que só assim poderia ser livre. Abriu mão de governar a cidade e da companhia de sua irmã, já que essa era a única forma de não colocar a vida de todos em risco.

Ana




Ana, a irmã de Elsa, tinha o sonho de encontrar seu amor verdadeiro. Por causa disso acabou se deixando enganar pelo principe Hans, que nunca a amou de verdade. Ao conhecer Kristoff ela então realizou o seu sonho. Amável, mesmo sem entender o motivo do distanciamento de Elsa, nunca deixou de amá-la. E foi a única que se dispôs a ir atrás de Elsa, quando esta decidiu se isolar. Foi o amor por sua irmã que a salvou da maldição, sem querer lançada por Elsa.

Kristoff


Kristoff, conheceu Ana por acaso, e ao ajudá-la e sendo obrigado a conviver com ela, ele se apaixonou. Colocando sempre a necessidade de Ana a frente da dele não hesitou em momento nenhum em procurá-la quando soube que corria perigo. Mesmo com seu jeito brutamontes, e sendo criado por trolls, tem um coração de ouro. 

Hans



Principe Hans, enganou Ana, dizendo que a amava, só para conseguir se tornar rei. Foi cruel quando Ana o procurou, para que ganhasse seu beijo de amor verdadeiro, zombando dela e fazendo-a sofrer.

Sven




A henna de Kristoff, e seu melhor amigo, foi quem não deixou que Kristoff deixasse Ana na cidade e voltasse para casa, já que queria que os dois ficassem juntos. Apesar de ser obediente a Kristoff, sempre o impedia de cometer um ato falho. Super engraçado quando ele chega até o palácio de gelo e se deslumbra com a paisagem.

Olaf


O boneco de neve mais fofo e engraçado do mundo! Imaginem só um boneco de neve que tem o sonho de conhecer o verão. É hilário!! Quando ele descreve seu sonho de viver no verão é muito fofo. A parte que mais me emocionou é quando ele encontra Ana abandonada por Hans para morrer, e ajuda-a. Ele acende a lareira e ajuda Ana a se aproximar do fogo, dizendo que por algumas pessoas vale a pena derreter. Como não ama-lo? Rsrs

Os trolls




A família de Kristoff, e personagens essenciais da história, são super fofos. Quando Kristoff chega até eles e apresenta Ana, eles acham que os dois estão noivos, e fazem uma festa por isso. Foram as  sábias indicações do chefe que salvou a vida de Ana nas duas vezes que Elsa sem querer a machucou.

Enfim, o que mais gostei foi o tema principal ser o amor e a união de duas irmãs, e não de uma princesa e um principe.Adoro animações e amei o filme. Indico para quem quiser assistir.



Bjoss,
Thaís Silveira Venzel

19 comentários:

  1. Olaf é o Melhor!
    Adorei esse boneco de neve, eles souberam criar um personagem perfeito, o legal é que Frozen é diferente dos demais filmes da Disney e acabei gostando demais dele, fazia tempo que não encontrava um desenho legal desse jeito. Todos parecem adorar. =)

    terradefagulhas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiim, foi muito bacana mesmo!!
      E o Olaf é um amorzinho <3
      rsrs
      Bjoss

      Excluir
  2. Esse filme é a coisa mais linda desse mundo inteiro. Tem valores incríveis a serem ensinados, assim como ser, finalmente, um filme totalmente à la Disney: com um lindo e profundo enredo, músicas (!!!) e um grande trabalho de produção.
    Talvez da próxima vez você pudesse contar mais sobre a sua opinião e menos sobre o filme em si, sabe, Thaís? E tomar cuidado com os spoilers. ^^ Mas sua escrita é muito boa. E adoro esse Blog.
    Beijão!


    Achou o Quê?:
    http://achouoque.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sempre esqueço de colocar alerta spoiller, e sei que isso é mto ruim :x
      Mas valeu pelas dicas, vou dar mais a minha opinião sim!
      E claro, esse filme é muito lindo! *-*
      Adoro as músicas!! =D
      Bjoss

      Excluir
  3. Gente, eu simplesmente AMEI esse filme. Fui assistir sem expectativa nenhuma, e saí do cinema só amores pelo longa. Eu e minha irmã já compramos colares, o meu é da Elsa, o dela da Ana.
    Amei o fato de Kristoff ser o amor verdadeiro de uma princesa, e ao mesmo tempo ser o primeiro personagem esquizofrênico da Disney. Achei que isso foi um enorme passo à frente.
    Digo, é só olhar e ver: todos os animais da Disney falam, mas a rena dele em especial fala pela boca do próprio.
    A cada filme da Disney, percebo que não importa a idade que eu tenha, a magia continua, não é? rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, a disney tem quebrado tabus muito grandes. É uma pena que ainda são só exceções, e uma pena que os personagens ainda continuem loiras dos olhos claros, magra, e tudo mais. Mas é o que vende né? Infelizmente!
      Também quero cooolares! *o*
      hahaha
      Bjoss

      Excluir
  4. Bem interessante esse filme, totalmente diferente dos clássicos da Disney.
    Abraços,
    Sandra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade! Foi bem diferente mesmo! =D
      Bjoss

      Excluir
  5. Parece ser um bom filme... amo os filmes da Disney. :) beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Eu já vi duas vezes, simplesmente amei, entrou para minha lista de preferidos.

    http://enquantoestavalendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra minha lista também!
      Quero ver de novo! rsrs
      Bjoss

      Excluir
  7. Olá Thaís.

    O filme é mesmo muito fofo, mas o destaque é todo de Olaf, me diverti horrores com ele, e a escolha do Fábio Porchat para fazer a voz dele foi perfeita!
    Enfim, amei o filme.

    Beijos

    Dani Cruz

    • http://blog-emcomum.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também achei a escolha da voz dele perfeita! Combina deeeeemais! HAHA
      E o Olaf ganha todo o crédito do filme, por sua fofura! rsrs
      Bjoss

      Excluir
  8. Oi. Assisti recentemente ao filme e amei! Tinha ficado um pouco com o saco cheio devido a enorme divulgação, para onde se olhava havia algo relacionado a Frozen, mas é realmente um ótimo filme. Acho que o diferencial como você disse no inicio é as personagens principais não precisarem de príncipes para salva-las, e fiquei muito surpresa quando no final foi o amor por sua irmão que salvou a Ana e não o amor de Kristoff. O roteiro é bem construído, os personagens são amáveis, especialmente Olaf que fez, literalmente, meu coração derreter com sua fofura. E, as músicas são lindas, emocionantes e chicletes. Até hoje não consigo tirar da cabeça o: "você quer brincar na neve? Um boneco quer fazer?" haha
    Debora.
    Beijos :*
    http://vanille-vie.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade!!! Eu achei o filme incrível em todos estes aspectos. As músicas são apaixonantes. Baixei uma delas e coloquei no meu celular. E o Olaf é o boneco mais foto de todos os tempos! O personagem mais fofo de todos os tempos, aliás. Rsrs
      Teve uma divulgação muito grande mesmo, e decidir assistir foi uma ótima escolha!! =D
      Bjoss

      Excluir